Papas de tapioca

20161201_225220  20161201_225520

Como não sou nada fã aveia (já devem ter reparado…) tenho que arranjar alternativas para as minhas refeições e, desde que descobri a tapioca granulada não quero outra coisa!

A tapioca quando cozinhada funciona como o amido de milho (maizena) porque engrossa, daí terem saído umas belas papinhas com sabor a arroz doce e uma consistência engraçada, porque a tapioca granulada tem a forma de bolinhas 😊

Ingredientes (1 dose)

20g tapioca granulada (hidratada)

75 ml bebida vegetal a gosto

75 ml água

100 ml claras

15g whey protein de Baunilha Myprotein

casca/raspa de limão

canela em pó para polvilhar

Preparação

Colocar a tapioca de molho durante 1h30. Após este tempo, retirar a água e reservar.

Juntar a água e a bebida vegetal com a whey de baunilha e misturar muito bem.

Adcionar a casca/raspa de limão e a tapioca hidratada e levar ao lume, sempre a mexer com uma vara de arames. Assim que comece a engrossar (demora mais que a maizena) juntem as claras aos poucos e nunca parem de mexer. Assim que tenha a consitência desejada retirem do lume e coloquem numa taça para arrefecer.

Agora é só polvilhar com a canela e desfrutar do “arroz (tapioca) doce” 😍

“Pudim” proteico

  14212662_1481852601841372_2223909677806048645_n  13770480_1440690369290929_6127466061875627348_n

  Plano nutricional novo dá direito a receitas novas, desta vez em modo low-carb.

Ingredientes

1 ovo

100 ml claras

10-15g whey da Myprotein (sabor a gosto)

50-100 ml bebida vegetal

Opcional

canela para polvilhar

coco ralado

manteiga de oleaginosas da Myprotein (amendoim, cajú, amêndoa)

Preparação

Juntei todos os ingredientes e misturei com a varinha mágica.

Coloquei num recipiente que possa ir ao forno e levei a cozinhar a 180ºC por +/- 30 minutos. Vão verificando a cozedura porque os fornos são todos diferentes.

Também se pode fazer no microondas, o que nos poupa bastante tempo, por +/- 2 minutos dependendo da potência do mesmo e da consistência que preferem. Quanto menos tempo mais molinho fica. Experimentem diferentes tempos de cozedura e logo vêm como gostam mais 😉

Gostei bastante e vai ser a minha ceia durante os próximos tempos 🙂

Nota: podem multiplicar os ingredientes e fazer numa forma de bolo inglês, por exemplo.

Nana ice cream

nanaicecream  nanaicecream1

E não é que me esqueci de postar esta maravilha???

Anda nas redes sociais há muito, mas só agora resolvi experimentar… Shame on me…

O ingrediente principal, tal como o nome indica é a banana (banana + ice cream) e depois é só adicionarem o que quiserem ou comerem simples.

Eu juntei manteiga de amendoim da Myprotein e canela, e por cima umas pepitas de cacau cru, mas já imagino um trilião de misturas super saborosas para fazer 😉

Preparação

Partir a(s) banana(s) às rodelas, colocar num saco e levar a congelar por pelo menos 2/3 horas. Quanto mais tempo estiver no congelador, mais consistência de gelado vai ter.

Passado este tempo retirar a quantidade que querem usar, colocar no liquidificador ou num recipiente em que possam usar a varinha mágica, juntar os ingredientes que quiserem e triturar até obter a consistência de um gelado.

Fica bom, mas bom!

Chocolate negro, banana e manteiga de amendoim

Só o título já é apetitoso que baste…

Não é uma receita, apenas uma combinação de ingredientes deliciosa demais para deixar de fazer um post 🙂

Acho que vão gostar tanto quanto eu!

nham  nham1

Ingredientes

banana (madura)

chocolate negro (mínimo 70% cacau)

manteiga de amendoim da Myprotein

canela em pó

Preparação

Derreti o chocolate negro no microondas e verti para um copo alto (podem usar o recipiente que mais gostarem ou até mesmo um prato).

Esmaguei a banana com um garfo, polvilhei com a canela em pó e coloquei por cima do chocolate derretido.

Terminei a apresentação com a manteiga de amendoim 🙂

É só degustar e suspirar por mais!

Crumble de maçã

crumblemaçã  crumblemaçã1

Nada se perde, tudo se transforma…

Não me apeteciam bolos, assim resolvi-me por um crumble que já não comia há muito e… ADORO!!!

Usei

3 a 4 maçãs (depende do tamanho, mas depois de cozidas renderam +/- 500 g)

sumo de limão

paus de canela

Crumble

40 g geleia de milho

40 g flocos de aveia Myprotein

80 g farinha de aveia integral

20 g farinha de arroz integral

50 g manteiga de coco (marca Biona, compro no celeiro)

canela a gosto

Fiz assim

Descasquei as maçãs, cortei-as aos cubinhos, deitei o sumo de limão por cima, para não oxidarem, e levei ao lume, com paus de canela. Tapei a panela e deixei cozinhar em lume baixo até ficarem macias.

Crumble

Misturei todos os ingredientes atá obter uma massa granulada.

Coloquei os cubinhos de maçã cozida num pirex e cobri com a massa do crumble.

Levei ao forno até o crumble ficar tostadinho e crocante.

Sugestão

Nada melhor que acompanhar com uma bola de gelado de baunilha Pura Vida do Pingo doce (ou iogurte grego natural do LIDL) e muitaaaaaaa canela 🙂

Combinação mais que perfeita!!

Tarte de coco

942549_1348236585202975_2446875912241137544_n

Pois é, desde que descobri esta base de tarte que não quero outra coisa 😉

Fica tão boa, mas tão boa, que estou sempre a pensar na próxima experiência e, acreditem que ainda tenho algumas ideias para por em prática eh eh

Eu, gulosa?

Nahhhhhhhhhh………………………………

Fiz assim

Base

130 g tâmaras

100 g manteiga de amêndoa crunchy da Myprotein

40 g flocos de aveia

Recheio

200 ml leite de coco light

300 ml bebida de coco

35 g coco ralado (não tinha mais…)

70 g geleia de milho

25 g amido de milho (maizena)

Preparação

Base

Parti as tâmaras em bocadinhos pequenos, juntei com os flocos de aveia e triturei um pouco com a varinha mágica. Juntei a manteiga de amêndoa e misturei novamente, até obter uma massa moldável.

Forrei a base de uma tarteira com esta massa e levei-a ao frigorífico, enquanto preparava a cobertura.

Recheio

Juntei todos os ingredientes, mexi bem para dissolver a maizena e levei ao lume até engrossar.

De seguida verti este preparado por cima da base e deixei arrefecer no frigorífico de um dia para o outro.

ESPETACULAR, é só o que vos digo!!!

Nota: para mim ficou um pouquinho doce de mais, talvez devido às tâmaras… Para a próxima coloco menos tâmaras, ou menos geleia de milho.

Tarte de café

tarte cafe  tarte-de-cafe

Adoro o sabor do café, já o tinha referido, e andava com vontade de comer algo com este gosto…

Lá tive que inventar!

Gostei, mas não achei espetacular,  acho que esta base fica melhor com um recheio de frutas, como a tarte raw de manga, ou a tarte de abacate, por exemplo.

Mas só experimentando é que sabemos, não é verdade? 😉

Ingredientes

Base

100 g tâmaras

40 g flocos de aveia

160 g manteiga de amêndoa crunchy Myprotein

Recheio

200 ml leite de coco light

20 g amido de milho (maizena)

4 claras

café a gosto

adoçante a gosto (geleia de milho, flavour drops de baunilha da Myprotein…)

Cobertura

Cacau cru em pó

Preparação

Base

Triturar ao de leve as tâmaras com os flocos de aveia, e juntar a manteiga de amêndoa crunchy.

Forrar uma tarteira com esta base e reservar no frio enquanto prepara o recheio.

Recheio

Juntar o leite de coco, o café e o adoçante e misturar bem a maizena. Levar ao lume até engrossar.

Bater as claras e juntar delicadamente ao preparado anterior.

Verter por cima da base e levar ao frio até solidificar (deixei de um dia para o outro).

Bolinho proteico

20-Bolinho  35-Bolinho-flocos-arrozalfarrobacaféwheycoco-ralado

30Bolinhoalfarroba  22-bolinho-banana

Também já não faço há muito, mas foi dos meus primeiros “doces” quando decidi iniciar este estilo de vida.

Podia chamar-lhe barrita, bolo, pudim, enfim… Não encontro uma palavra que o defina na totalidade… Mas posso dizer que ficou tão bom, que se tornou o meu snack da manhã durante muito tempo eheh

Adoro especialmente quando fica mal cozido, mas isso já vocês sabem 😉

Ingredientes (1 dose)

1/2  scoop whey Myprotein a gosto

20g farinha de aveia (ou outra(s) da vossa preferência)

20g de manteiga de oleaginosas Myprotein (amendoim/amêndoa/caju)

água qb (para misturar todos os ingredientes)

Preparação

Misturar tudo e levar ao forno por +/- 20 minutos ou até ficar da consistência desejada.

Nota: A consistência depende do tempo de cozedura e o meu objectivo é que fique mal cozido. Quanto mais água se adicionar mais demora a cozinhar.

Versão banana: whey banana + farinha de aveia + manteiga de amêndoa

Versão alfarroba e frutos vermelho: whey cookies & cream + farinha de alfarroba + manteiga de amendoim

Versão  café e coco: whey chocolate e coco + farinha de alfarroba + flocos de arroz + café +  + coco ralado

Panacota

287 panacota framboesa

Esta receita já surgiu há uns tempinhos, como muitas outras que ainda não publiquei, e nem sei bem qual era o meu objectivo na altura, mas saiu esta espécie de panacota que partilho agora.

Fiz com:

20g amido de milho (maizena)

+/- 200ml de água

flavour drops de baunilha Myprotein ou outro adoçante a gosto

Preparação

Juntar todos os ingredientes e levar ao lume até engrossar. A água depende da espessura que se queira, mas neste caso convém que seja consistente.

Colocar num recipiente com a forma que queremos obter e levar ao frigorífico a arrefecer.

Desenformar e decorar a gosto.

Usei framboesas e topping de framboesa da Myprotein😋

Calculo que a panacota feita com coco ralado deva ficar espetacular e um toppingzinho de leite de coco… Agora fiquei com ideias! eheh

Semi-frio de manga

12376780_1316690581690909_4297018028792580921_n  122121

Estava com vontade de comer pudim de manga e entretanto lembrei-me da tarte de manga, resultado… Semi-frio de manga eheh

Fiz assim:

Base

80g tâmaras

70g maçã

20g óleo de coco

100g flocos de aveia Myprotein

Cobertura

1 pacote gelatina condi manga/laranja

250ml água

250g quark

350g puré de manga

Preparação

Base

Juntar todos os ingredientes da base e triturá-los com a varinha mágica. Gosto de deixar bocadinhos por desfazer, pois dá-lhe uma textura mais crunchy.

Levei ao forno por +/- 20 minutos a 180ºC.

Nota: esta base não fica crocante, com muita pena minha… ainda tenho que fazer muitas experiências para atingir a base de sonho eh eh Ao adicionar frutos secos fica mais parecida com aquilo que gosto, mas não queria adicionar mais gordura à receita.

Cobertura

Fazer a gelatina conforme as instruções. Neste caso é levar ao lume 250 ml de água, quando começar a ferver juntar a gelatina e mexer até se dissolver completamente.

De seguida juntar, aos poucos, ao quark e mexer até se tornar uma mistura homogénea.

Descascar a manga, retirar a polpa e tornar em puré com a ajuda da varinha mágica. Juntar este puré à mistura de quark+gelatina, verter sobre a base e levar ao frigorífico até solidificar 🙂